Como água e não como fogo

Alguém acompanha podcast’s? Eu acompanho alguns. É basicamente um programa de rádio, disponível na internet, que você pode baixar e escutar a hora que você quiser. Um desses podcast’s que acompanho é o Café Brasil, do Luciano Pires. Um podcast que trata de assuntos diversos e tem como objetivo provocar, inspirar, inovar e transformar. Um podcast de excelente qualidade. Pois bem, o episódio do podcast em questão ao qual estou escrevendo esse post, aqui no meu humilde bloco de reflexões (blog), é o entitulado “grana” no qual o Luciano Pires comenta (responde) um e-mail de um ouvinte.

O podcast Café Brasil é patrocinado pelo Itaú e o Luciano trata de deixar isso claro no início do episódio. O ouvinte gerador do episódio, mandou um e-mail para o Luciano questionando-o sobre qual será a postura do apresentador do Café Brasil quando um fato ruim, que porventura venha a acontecer, esteja ligado ao patrocinador do podcast. Fazendo uma analogia com fogo e água, Luciano deu uma bela de uma resposta, das mais inteligentes possíveis, ao seu querido ouvinte. Disse que não devemos enfrentar o sistema como um fogo, pois somos percebidos de longe pelo cheiro da fumaça e sim enfrentar esse sistema como água, contornando obstáculos e seguindo seu fluxo, atingindo objetivos.

O e-mail foi sim muito provocante. É um assunto delicado para todas as pessoas em qualquer posição profissional: até que ponto você pode tolerar as situações sem que isso vá contra seus valores? Quantas vezes já vi amigos meus, em diversas posições profissionais, não se pronunciarem sobre determinados temas porque envolvem organizações pelas quais trabalham? Estão errados? Lógico que não! Como o próprio Luciano disse, não criticar não significa defender. Há de se analisar todo o contexto que envolve o seu posicionamento quanto a determinados temas, pois muitas vezes isso representa o seu sustento e de sua família.

Haja como água, infiltre-se no sistema, contorne os obstáculos e, aos poucos tente muda-lo à maneira que você acredite que seja certo. Bater de frente produzirá um resultado imediato, chamativo, mas provavelmente não-duradouro.

Anúncios

Sobre Maick Costa

Stay hungry, stay foolish

Publicado em 28/03/2011, em Sem categoria e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comentaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s