Dilma quer travar proposta de meia-entrada no #EstatutoDaJuventude

Deu no Estadão:

Dilma Roussef

A presidente Dilma Rousseff decidiu orientar os líderes dos partidos aliados no Senado a travar a proposta que concede meia-entrada para os 53 milhões de brasileiros com idade entre 15 e 29 anos, prevista no Estatuto da Juventude – o projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira. Assim, o governo espera evitar novos problemas com a Fifa durante a realização da Copa do Mundo de 2014.

De acordo com dados da Fifa entregues ao governo, a meia-entrada poderá representar um prejuízo de R$ 180 milhões (US$ 100 milhões) na venda de ingressos para o Mundial. No Palácio do Planalto, as informações de bastidores são de que a presidente Dilma ficou muito irritada com a aprovação do Estatuto da Juventude com a previsão da meia-entrada. O mesmo projeto dá direito às pessoas de até 29 anos de pagar metade da passagem de ônibus e de barco nas viagens entre as cidades e os Estados.

O projeto que estabeleceu a meia-entrada para as pessoas de até 29 anos foi aprovado depois de uma falha da articulação política do governo na votação do Estatuto da Juventude pelos deputados – o projeto estava nas gavetas da Câmara havia sete anos. O líder do governo, Cândido Vacarezza (PT-SP), admitiu que errou ao não vincular o direito à meia-entrada às leis estaduais e municipais. Ele pediu que o Senado faça os ajustes.

Como a presidente estava na Europa e só retorna no fim de semana, o assunto deverá ser discutido logo na primeira reunião da coordenação política na segunda-feira. A meia-entrada durante a Copa, já prevista no Estatuto do Idoso, está causando o maior desconforto entre o governo brasileiro e a Fifa, tanto que Dilma teve reunião na última segunda com o secretário-geral da entidade, Jerome Valcke, em Bruxelas, na Bélgica, para tratar desse e outros temas relativos à organização do Mundial.

A juventude Brasileira deve agora pressionar o Governo para que o estatuto seja aprovado! Fazendo apenas uma pequena correção no texto da caríssima Tânia Monteiro, do Estadão, o estatuto prevê meia-entrada para Jovens estudantes de 15 a 29 anos, uma vez que não há Lei Federal que preveja o tema, apenas uma Medida Provisória e Leis Estaduais.

A aprovação do estatuto se faz muito necessária no sentido de garantir que o direito ao benefício da meia-entrada em eventos culturais e esportivos seja estabelecido em todas as cidades do País.

Esperamos que o sentimento pela luta social, presente em toda a vida política da Presidenta Dilma, volte a sua cabeça e que este surto burguês passe logo… melhoras, Presidenta!

Anúncios

Sobre Renato Pontes

É estudante de Direito na Universidade Potiguar – UnP, Diretor Executivo do Centro Acadêmico Seabra Fagundes e Militante em Movimentos Sociais e Estudantis. Paraense de Belém do Pará, hoje mora na cidade do Natal, Rio Grande do Norte, onde milita em movimentos como o #ForaMicarla, que pede o Impeachment da Prefeita por indícios de improbidade administrativa, e o Acorda UnP!, com vistas à melhoria no ensino, pesquisa, extensão, esporte, cultura e direitos dentro da Universidade. É defensor de maiores e melhores investimentos e ensino político na educação de base.

Publicado em 08/10/2011, em Política e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Fifa, dobrando Governos desde…

Comentaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s