Garçon, me vê uma Kirin bem geladinha

A empresa japonesa de cervejas Kirin desembolsou cerca de R$ 4 bilhões pelo controle acionário da cervejaria brasileira Schincariol. Um movimento contrário ao que estávamos acompanhando com outras empresas brasileiras sendo players mundiais importantes, como Vale, Ambev, etc. O controle acionário da cervejaria brasileira está em uma disputa judiciária onde havia uma liminar que suspendia a compra de 50,45% das ações dos majoritários da Schin pela companhia japonesa.

Essa liminar foi suspendida na terça, 11/10, porque os minoritários da Schin, mesmo possuindo preferência de compra, não efetuaram o depósito similar ao oferecido pela Kirin (RS$ 4 bi). Os japoneses dizem que irão manter os acionistas minoritários em posição estratégica (vai saber até quando, não é?). Lógico que essa disputa judicial ainda vai longe. Aguardamos novos capítulos…

Enquanto isso, será que veremos Kirin nos bares?

 

 

 

 

 

 

Vi no Meio&Mensagem

Anúncios

Sobre Maick Costa

Stay hungry, stay foolish

Publicado em 17/10/2011, em Business e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comentaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s