Os Três Mosqueteiros

Nem preciso explicar a história deles, preciso?! Dos três, que não são três, são quatro? Ah…

 

D’Artagnan (Logan Lerman), com um penteado que ainda não consegui descrever, é um jovem espadachim com objetivo de se tornar um mosqueteiro, assim como seu pai um dia foi. Ao chegar a Paris, acaba conhecendo de forma rápida e imprudente, Athos (Luke Evans), Porthos (Ray Stevenson) e Aramis (Matthew MacFadyen). Estes, acabam se juntando para terminar com as armações do Cardeal Richelieu (Christoph Waltz), que comanda Milady (Milla Jovovich) e Rochefort (Mads Mikkelsen) para então tomar o poder de um rei bobão.

E o que mais tem neste Os Três Mosqueteiros é espada voando em direção ao público, o que de fato fica bem legal nas cenas de combate. Porém, o que tem, até demais, neste filme são explosões e malabarismos dignos de um belo Popcorn movie dos tempos modernos. Aliás, quem ia imaginar nesta época existir navios que navegam… os ares(??)

"Um por todos! Todos por COF cof cof...."

Reviravoltas e cenas de alívio cômico estão bem mais freqüentes neste do que em muitos outros filmes de ação. A maioria destas cenas são de responsabilidade do Porthos e Planchet, servo dos mosqueteiros. Ray Stevenson, aliás, anda se especializando em “coadjuvantes cômicos”. Fez papel parecido em Thor e Roma, sendo este muito bem feito.

O Diretor Paul W.S. Anderson parece que gosta de ação, destruição, batalha, tiros, gritos de coragem e glória e tudo mais, mas deixa um quê da história ausente. Ele tanto gosta de estripulias que bota sua mulher (Milla) pra fazer malabarismos estranhamente parecidos com Resident Evil, ao qual já produziu a série toda. A diferença? Essa parte se faz diferente entre sexos: As mulheres vão ver o cabelo, os vestidos e espartilhos que Milady usa. Já os homens vão olhar pra outras curvas… Curvas que o próprio diretor gosta… ENFIM, não vamos nos ater a estas partes.

Para evitar a tomada de poder do cardeal, uma vingança sobre um coração partido, máquinas de guerra, glória, proteção do rei e sua rainha, e claro o amor de uma dama, Os Três Mosqueteiros nos dá uma aventura agradável de ver. Os olhos menos críticos aproveitem a trama, o visual moderno e para alguns o atrativo 3D e claro a diversão. Diversão que, fica tão claro quanto a luz ao final do filme, se depender deles haverá mais continuações aí. Provavelmente na esperança de que seja mais uma franquia de sucesso. Mas pra ser uma franquia de sucesso, ainda precisa melhorar em alguns aspectos.

Bom filme!

Anúncios

Sobre Fernando Santos

Analista de filmes, motos, comidas.... Ah, e de Sistemas também =)

Publicado em 21/10/2011, em Cinema e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Os três mosqueteiros
    Em tempos onde países lutavam por questões pessoais de seus governantes, Os 3 mosqueteiros me surpreendeu positivamente com uma característica que acho fantástica em filmes: dar reviravoltas. E quando acontece mais de uma, fico besta. Quando você acha que sabe o que vai acontecer, vem o filme e te mostra de outro jeito. Nem que seja em apenas uma cena.
    Aquela cena onde Arthos prepara o ataque e, em paralelo, Milady de Winter (eu não gostei da atuação da Milla Jovovich…apesar de… ai ai Milla…) vai dizendo ao Buckingham como os três mosqueteiros vão atacar. Ao terminar de fazer a explicação, Arthos diz que é assim que ela, Milady de Winter, vai dizer como vão atacar e propõe outra tática. Na hora do “pega pá capá” acontece diferente do que eles falaram.
    A cena onde Milady de Winter se joga no mar e no fim é resgatada pelo Buckingham também é uma pequena reviravolta para dar mais gás ao filme.
    Como detalhe negativo, 3D de novo sendo jogado fora. Começou com boas cenas em 3D (mas nada tão espetacular assim) e no momento em que achei que deveria ter sido todo pensado em 3D, não foi. A primeira luta dos 4 (Arthos, Parthos, Aramis e D’Artagnan) contra os soldados do Cardeal (diga-se de passagem, o ator Christopher Waltz é muito bom para papéis sínicos). Vamos ter sequência? Acho válido

Comentaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s