Veja e Globo atacam. Na mira, Orlando Silva.

O caso do Ministro dos Esportes, Orlando Silva (PC do B), me lembra muito um caso bem antigo, registrado no livro mais vendido de toda a história: A Bíblia. O caso em questão é o da mulher adúltera que, diferente do Ministro (que foi acusado sem provas), foi pega em flagrante e levada à presença de Jesus pelos Escribas e Fariseus. Na ocasião, lhe foi informado de que, pela Lei de Moisés, a mulher deveria ser apedrejada. De pronto, Ele respondeu: “Aquele que dentre vós estiver sem pecado, seja o primeiro que lhe atire pedra…”. Não restou um.

Como no “caso da mulher adúltera”, Orlando Silva está sofrendo o apedrejamento (moral) que era indicado pela “Lei de Moisés”, contudo, diferente do que houve com a mulher, que foi pega em flagrante, contra Orlando não existem sequer provas, apenas falácias de uma revista conhecida nacionalmente por propagar mentiras e uma emissora de TV que apoiou (e cresceu graças) a ditadura militar.

Além de tudo, o autor das denúncias (repito, sem provas) contra o Ministro é um soldado que foi preso, em 2008, pela Operação Shaolin, que flagrou desvios de recursos do Programa Segundo Tempo, o mesmo que ele usa para acusar, sem provas, o Ministro. É como ser preso por roubar um celular, e acusar o fabricante do aparelho pelo fato.

Roberto Marinho e General Figueiredo. A Globo e a Ditadura de braços dados.

Não é a toa que, por vezes, a hashtag #VejaMente lidera os assuntos mais comentados (TTs) do País (quando não do mundo) no Twitter. Seus colunistas são verdadeiros “propagadores de buchicho”, selecionados entre fracassados escritores, profissionais mercantis da educação e jornalistas aposentados, que servem cegamente aos interesses sórdidos de empresários e políticos ricos e poderosos – que em troca- anunciam amplamente na “revista”.

Como se não bastasse, as falácias manipuladas e difundidas pela Veja são endossadas pela emissora da Ditadura, a Globo. E, pasmem, a hashtag #GloboMente também costuma estar presente entre os temas mais comentados do twitter, e em protestos realizados  (aqui e aqui).

E esta dupla dinâmica, formada pela Veja e pela Globo, costuma se unir para desqualificar a Esquerda Brasileira, bem como os Movimentos Sociais e tudo o que contraria os interesses dos grandes e podres empresários e políticos sujos (não generalizo, me refiro ao sujos, que são muitos). Quem nunca viu uma manchete acusando o MST de ser o pior dos males do Brasil? E quando você viu esses mesmos meios de comunicação falando sobre as ações do movimento com os trabalhadores do campo? Ou das centenas de assentamentos que acolhem centenas de milhares de famílias? Acredito também que nunca os ouviu falar sobre o Sistema Escolar Nacional do MST, que já fez mais pela alfabetização do País do que todos os programas do Governo.

São esses meios de comunicação, embasados em uma acusação sem provas de um ex-preso, que agora apedrejam moralmente o Ministro dos Esportes que, dentre outras coisas, vinha lutando contra os desmandos da FIFA, principalmente no que tange ao Direito a Meia Entrada nos jogos da Copa aos milhões de estudantes do País.

E há os que acreditam que tudo isso não passa de uma armação da própria FIFA para “mandar um aviso” ao Governo, que está batendo de frente com seus desmandos. Isso não me surpreenderia se fosse verdade, não seria incomum.

Como não sou Juiz de Direito, não posso julgá-lo inocente ou culpado, embora TODOS sejamos inocentes até que se prove o contrário (de acordo com o princípio da presunção de inocência), mas levar em consideração uma denúncia difundida pela Veja e pela Globo é demais.

Não leia a Veja, não assista a Globo. TEMOS QUE DAR UM BASTA NA DITADURA DA MÍDIA!

Democratização dos meios de comunicação JÁ!

Agradecimento: @LaroldoRibeiro

Anúncios

Sobre Renato Pontes

É estudante de Direito na Universidade Potiguar – UnP, Diretor Executivo do Centro Acadêmico Seabra Fagundes e Militante em Movimentos Sociais e Estudantis. Paraense de Belém do Pará, hoje mora na cidade do Natal, Rio Grande do Norte, onde milita em movimentos como o #ForaMicarla, que pede o Impeachment da Prefeita por indícios de improbidade administrativa, e o Acorda UnP!, com vistas à melhoria no ensino, pesquisa, extensão, esporte, cultura e direitos dentro da Universidade. É defensor de maiores e melhores investimentos e ensino político na educação de base.

Publicado em 22/10/2011, em Política e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. LUIZ AROLDO RIBEIRO

    Se a Globo tá sentado o pau no ministro do esporte coitado dele + acho q deveria se afastar e tentar provar sua inocência se for.

Comentaê

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s